We walk in truth, guided by honesty.

O VEM VAI LUIS MARINHO A VERDADE

O VEM-VAI

"CRISTIANO RONALDO" DA EQUIPA

O Vem-Vai foi o primeiro elemento da equipa maravilha que me vi obrigado a mandar ir para casa mais cedo. Entrou na obra com as melhores recomendações, segundo o Luís Marinho ele é o “Ronaldo” dos pedreiros, pelo menos foi esta a ideia que tentou passar. Isto para justificar a ausência o Petuco que estava aleijado em Évora a assentar tijolinhos. Além de pedreiro faz trabalhos de ladrilhador, faz barramento de pladur e pinta. Mas estas faz muito mal. de tal forma que o trabalho de barramento e de pintura que ele fez teve que ser refeito na totalidade.

Nesta fase estavamos numa vaga de “Covid19”. Houve um dia que ninguém apareceu na obra. Depois de ligar ao Luís Marinho para saber o que se tinha passado fui informado que havia a suspeita de infeção com “Covid19” no Vem-Vai e então não foi ninguém para a obra. Preocupado passei por perto da casa do lugar onde mora o Vem-Vai e lembrei de ver como estava de saúde. Passava um pouco as 17:30 e estava em casa com a roupa de trabalho vestida, mas se calhar vestiu a roupa de trabalho de manhã sem querer.

Mais tarde teve outra missão lá na obra que foi abrir as valas para passar os tubos de escoamento de água dos algerozes. Demonstrou que estava contrariado. Houve um dos dias que do primeiro andar vi-o no r/c a brincar com a fita métrica em vez de trabalhar lá na vala, afinal tinha ali um menino. Não disse nada a ele, mas pedi por telefone ao patrão dele se não tinha trabalho para ele noutra obra. Um dia depois deste telefonema e tive que o convidar a ir para casa. ainda lhe ofereci dinheiro para o taxi, mas não aceitou.

Cada palavra que encontra neste espaço é tecida a partir de experiências genuínas e momentos vividos na primeira pessoa. Aqui, a autenticidade é a minha bússola, guiando-me para narrativas reais e verdadeiras.
Direitos reservados ® 2023 – European Data Protection Board
webmaster@luismarinhoaverdade.pt